Dicas e Receitas

Como Acender Churrasqueira? Métodos e Técnicas

acender churrasqueira

Chame as crianças para a roda de chimarrão, vamos falar sobre como acender churrasqueira!

A relação do homem com o fogo, desde os primórdios, é curiosa e, por isso, acender churrasqueira não deveria ser um problema. No entanto, muitas vezes é. Ou por que você é um iniciante tentando de tudo através de tutorias no Youtube; ou por que não faz ideia do que está fazendo, mesmo sabendo todos os truques.

Uns dizem que acender churrasqueira é questão de sorte. Meu avô é mais supersticioso, se ele pressente que não vai conseguir, até cancela o churrasco! Mas a verdade é que acender churrasqueira não precisa ser nada de outro mundo.

E tem muitos pequenos erros que a gente comete logo após que acende o fogo, que nem notamos. Quando vemos, a brasa apagou! Veja como não cometê-los.

acender churrasqueira

Quando somos crianças, somos nós que preparamos o material para dar início as tentativas. Aliás, eu me lembro bem de pegar o jornal de domingo e ficar sentada à beira do meu pai e do meu avô. Ali quietinha fazendo anéis com as folhas de papel, esperando eles me ensinarem como colocar fogo na churrasqueira.

Depois meu pai me pedia para tentar acertar uma garrafa de vidro dentro da churrasqueira com os meus anéis de jornal. Mal sabia eu, naquela época longínqua dos anos 1990, que eu já estava sendo treinada para um dos métodos mais comuns de como acender uma churrasqueira.

Claro que a tecnologia trouxe inúmeras ferramentas e instrumentos que, hoje, facilitam nosso trabalho. No entanto, saber fazer fogo é vital. Nunca se sabe quando você vai precisar dessa habilidade e nem em todos os churrascos você encontrará condições ideais.

O que eu quero dizer com isso? Bom, sabe aquele churrasco na praia, que vai uma galera com um latão para a beira do mar? Então, muitas vezes não tem jornal, não tem acendedor e mal e mal tem carvão. É preciso acender a churrasqueira na improvisação.

Você sabe se virar nas condições mais extremas? Se não, chega mais e vamos conversar sobre como acender um fogo de uma churrasqueira.

Escolha do carvão

Escolher o carvão pode parecer fácil, entretanto não é. O melhor carvão é aquele que forma morrinhos e não vem todo esfarelado. Se você comprou o carvão errado, não tem problema, ainda da para fazer um bom churrasco.

Mas não se desespere e atire álcool em gel para dentro da churrasqueira com o fogo já aceso. Você pode causar uma explosão e se machucar muito gravemente. Procure utilizar as técnicas que eu ensino abaixo para acender e manter seu fogo aceso.

E também sempre vale ligar para um amigo que está a caminho e pedir que ele traga mais carvão.

Tipos de carvão

Se você já não sabia que existem tipos diferentes de carvão para acender churrasqueira, meu amigo, você é um assador amador. Mas não desanime, nunca é tarde para aprender! Há pelo menos três tipos de carvão:

  • Carvão briquete: é o mais seco dos três e o que atinge a melhor temperatura no menor tempo. Eu gosto bastante desse por ser mais pesado e garantir uma boa durabilidade do fogo durante o nosso churrasco. Também é barato e ecológico, já que não é feito de madeira, mas sim de briquete. O material é um reciclado de várias coisas: palha, casca de arroz, serragem e muito mais!
  • Carvão de bambu: é dos mais comum e favorito de muita gente para acender churrasqueira, por não exalar muita fumaça. Para quem mora em apartamento, é o mais recomendado. Também é considerado ecológico, pois o bambu é de fácil plantio.
  • Carvão vegetal: é o pior tipo, em termos ecológicos, pois é proveniente da carbonização da madeira e da lenha. Feito com acácia negra ou eucalipto, não é bom para qualquer tipo de churrasco. Pode fazer mais fumaça que os dois acima. É muito utilizado por conta da oferta. Mas tenha atenção, porque esse tipo de carvão costuma conter substâncias químicas tóxicas.

Em hipótese alguma economize no carvão. Um carvão de má qualidade não vai render um bom churrasco e ainda pode prejudicar a sua saúde. Tenha atenção também para comprar material que seja próprio para acender churrasqueira e fazer comida, pois do contrário sua carne poderá ficar ruim.

Churrasco em casa: melhor forma de acender churrasqueira

A técnica mais simples e fácil é essa do jornal, que eu descrevia acima com certa nostalgia. O que você precisa? Junte alguns jornais velhos, uma garrafa de bebida de vidro – pode ser cerveja, vinho, champanhe – fósforos e carvão.

A quantidade de carvão depende do tamanho do seu churrasco. Varia conforme o tipo de churrasco e churrasqueira utilizada, as carnes e cortes de carnes que vai assar, o clima, etc.

Por que? Porque a costela demora mais horas para assar que umas fatias de carne grelhadas. Porque se chover será mais difícil manter o fogo estável e aceso.

Porém não entre em pânico! De forma geral pode-se dizer que para um churrasco preparado para dez pessoas um saco de carvão de 5kg de boa qualidade é mais que suficiente. Na dúvida, compre dois sacos. Se sobrar, já fica para o próximo churrasco.

Se a sua churrasqueira for mais profunda, você com certeza vai usar mais carvão. A brasa ideal do churrasco é aquela vermelha e viva. Esse detalhe faz toda a diferença. E você deve alimentá-la com frequência para que ela fique viva.

Mas voltando para o nosso método…

Agarre duas crianças entediadas pelo caminho e peça-as para enrolar folhas de jornal formando anéis de mais de dez a 15 centímetros de diâmetro. Ou, se você não for bom de matemática, do tamanho de um prato de sobremesa.

Depois, empilhe os anéis sobre a garrafa de cerveja, dentro da churrasqueira. Deve formar uma torre de jornal e colocar pedras de carvão à volta. Quando sentir que a estrutura está estável, remova a garrafa, sem desmoronar a torre.

Coloque fogo dentro do jornal, onde estava a garrafa de cerveja. Quando o fogo começar a crepitar, coloque algumas pedras de carvão no centro, cuidadosamente, onde estava a garrafa. E aí é só abanar!

Terá sua brasa e muitas histórias para contar quando seus filhos quiserem saber como fazer brasa para churrasco.

acender churrasqueira

Por que não utilizar álcool ou óleo?

Quem, como eu, nasceu nos anos 1980, viu muito churrasco ser aceso com álcool líquido. Aliás, me lembro da minha mãe me mandando ir no mercadinho buscar o álcool na última hora, porque alguém esqueceu de comprar.

Eu adorava, porque era baratinho e eu sempre usava o troco para comer sacolé. Em 2013, o álcool líquido foi terminantemente proibido no Brasil. E hoje em dia nem faz mais falta!

O objetivo da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) era diminuir os casos de queimaduras provenientes do uso indevido da substância. É por isso que não encontramos mais por aí aquela garrafona de álcool para acender churrasco. E verdade seja dita, você não precisa mesmo dela.

Óleo é ainda pior. Nem vou citar aqui quantas pessoas morrem por ano no Brasil por queimadura de óleo. Se você tem preguiça e quer acender a churrasqueira de modo rápido e fácil, pode fincar um pão velho no meio do carvão, dentro da churrasqueira, e acender o pão com um palito de fósforo.

Essa técnica é barbada, mas tem um pequeno porém. O pão quando queima levanta imensa fumaça e um cheiro forte. Portanto, se você vai fazer isso em uma churrasqueira interior ou dentro de um apartamento pequeno, pense duas vezes e pense bem!

O melhor é sempre ficar com métodos que prezem pela segurança, assim você poderá viver para comer inúmeros churrascos!

Acender churrasqueira com material reciclado

Este método é conhecido como Método Macgyver e funciona muito bem com lenha e carvão. Se você fizer tudo certo, terá o fogo aceso em um minuto.

Para fazer isso, você vai precisar de uma cartela de ovo usada, um pouco de óleo usado, aquele da fritura dos bolinhos de chuva da semana passada mesmo, e fósforo. Antes de começar, coloque cinco centímetros de lenha ou carvão no fundo da churrasqueira.

Aí você recorta um orifício da cartela de ovo, formando um copinho e posiciona no centro da churrasqueira. Embebeda a cartela com o óleo, cerca de uma colher de sopa. Para acender, basta acertar um fósforo aceso no meio.

Quando bem feito, é um método muito seguro. Quando não, pode provocar explosões. Tenha cuidado com a quantidade de óleo, é apenas um pouco para garantir a chama acesa por alguns segundos. Nada de fazer coquetel molotov caseiro!

Acender churrasqueira com açúcar

Sim, isso mesmo, açúcar. Confesso que não é um dos meus métodos favoritos. Você precisa de açúcar, óleo, papel higiênico (sem perfume) e fósforo. Pega o papel e faz um copinho com ele. Você vai gastar bastante papel higiênico e cuidado, pois alguns são tóxicos.

Depois preencha o copo com açúcar, bastante açúcar. Por fim, coloca uma colher de sopa de óleo no açúcar.

Posiciona o dispositivo no fundo da churrasqueira com algumas pedras de carvão em volta. E acenda com o fósforo com uma certa distância, para não se queimar.

O açúcar é rico em cana e a cana é a matéria prima do álcool. Por isso muita gente utiliza esse método de acender churrasqueira.

A combinação de açúcar, óleo e fogo produz álcool sólido. É uma alternativa para quem não tem jornal ou álcool em gel em casa.

acender churrasqueira

Como fazer fogo para churrasco com lenha?

Churrasco com lenha é coisa de inverno. E a lenha da um sabor especial à carne. A brasa da lenha é ótima para carnes mais encorpadas também, como o cupim e a costela. No entanto, quando falamos em lenha, isso exige mais prática do assador, uma vez que o controle de calor é mais difícil que o do carvão.

Já começa pela forma de acender. Antes de escolher um método, é preciso saber preparar a lenha.

Você terá de montar um jogo da velha com os pedaços de lenha dentro da sua churrasqueira. A fibra das lenhas de baixo tem que estar sempre virada para cima. E as de cima ficam com a fibra virada para baixo. Eu disse que era mais complexo!

O melhor jeito de acender churrasqueira a lenha é usando um algodão com álcool gel. Você coloca o algodão encharcado em álcool no meio do jogo da velha de lenha e aí acende com um fósforo ou um acendedor automático. Conforme o fogo espalha, você deve ir alimentando com mais lenha.

Vantagens: faz bem menos sujeira, não deixa odores e fumaça. Desvantagens: é muito mais difícil de controlar o cozimento da carne. A lenha pode ainda se utilizada de duas maneiras: ao lado da carne, para que asse com a irradiação do calor das chamas, como no fogo-de-chão.

Você ainda pode queimá-la separadamente e ir colhendo as brasas que se soltam para colocar sob a carne, como a tão famosa Parrilla à moda argentina e uruguaia. Fica uma delícia!

Quando colocar a carne na churrasqueira?

Eu já estava mesmo esperando vocês me perguntarem isso. Então, não é só ir lá e acender churrasqueira e meter a carne.

Pôr a carne quando o fogo está começando a esquentar é erro de principiante. É preciso ter paciência para fazer um bom churrasco.

A brasa tem que aquecer e queimar durante uma meia hora antes de pôr as carnes. Se você não respeitar esse tempo, ficará com carnes cozidas por fora e cruas por dentro. E lá se vai sua fama de assador da turma.

Enquanto o fogo está brando e iniciando, você pode aproveitar para colocar na brasa as suas entradas. É nessa hora que rola colocar um salsichão, aquele coração de galinha, uns pães com alho e o que mais a criatividade mandar. Isso ajuda também a regular a fome do pessoal, evitando o mau humor da galera até a hora da comida.

Um truque bem bacana é antes de colocar a carne na brasa, jogar um pedaço de gordura ou de bacon no fogo. Isso dará uma sabor para lá de especial ao seu churrasco.

acender churrasqueira

Churrasco perfeito

Um churrasco perfeito é sinônimo de um fogo bem feito. Porque independente do que você usar, carvão ou lenha, é o fogo que assa a carne, não você.

Existe um grande segredo para manter a brasa sempre acesa e quente, no ponto ideal de calor: é nunca deixar de alimentá-la. Meu avô sempre me diz que com o braseiro certo, podemos transformar muita carne meia boca em gourmet.

Por isso, se você é o assador, não tire seus olhos do fogo, não esqueça de alimenta-lo ou de abanar quando necessário. Uma dica legal é, quando o fogo estiver no ponto para por a carne, um pouco depois de colocar os primeiros espetos, jogue uma fatia de bacon gordo no fogo.

Isso fará fumaça, sim senhores. Mas defumará sua carne, deixando ela com um sabor único e delicioso.

O fogo é importante

E não se esqueça, o fogo chega antes dos convidados. Não se apressa um churrasco, então o fogo deve ser aceso bem antes da batata ser descascada para virar salada.

A brasa ideal é aquela com um palmo de altura. Então tente sempre manter a brasa nas mesmas condições. Outra dica para saber a altura certa de cada carne é o barulhinho da graxa pingando no fogo, é rítmico.

Se a grelha ou os espetos estiverem muito perto das brasas, vai levantar labareda e queimar a carne. Por isso não se afaste muito da sua posição de assador ou vai terminar sem carne e sem o posto.

Quando a grelha estiver muito alta, o ritmo ficará lerdo, anunciando que temos pouco fogo para o cozimento. Aí é hora de adicionar mais carvão ou lenha. Ou baixar o espeto!

Lembrando que se estiver perto do fogo e, não fizer o barulinho, é porque a carne é magra, imprópria para a prática do bom churrasco. E não se esqueça: o lado com a gordura deve sempre entrar no fogo primeiro, depois você pode ir virando a carne.

É verdade que se fazia fogo com fezes?

Por mais incrível que pareça, sim, é verdade! No interior do Rio Grande do Sul, por volta de 1800 e muitos, os tropeiros dos pampas utilizavam fezes de gado para acender o fogo. O estrume ou esterco, hoje em dia, não deve mais ser utilizado para este fim.

Quando queimados, eles soltam substâncias tóxicas que fazem mal à saúde e podem até mesmo causar câncer. Mas, em alguns países, usa-se o esterco para produzir biogás, como na Dinamarca ou na Índia.

É uma forma de reaproveitar os excrementos e gerar energia biodegradável. Em uma rápida pesquisa, eu descobri que 12% do mundo vive à base desse tipo de gás. Impressionante, não?

acender churrasqueira

E se faltar fogo?

Nem sempre é fácil calcular um churrasco para muitas pessoas. Às vezes, a gente chama um pessoal, que chama outro pessoal e de repente a coisa cresce e nos vemos completamente aflitos.

Se faltar fogo ou chegar mais gente, não se desespere e desperdice um saco de carvão inteiro na brasa que está morrendo.

Pegue alguns pedaços de carvão com a mão, espalhe por cima do braseiro, devagar e sem muita bagunça.

Você pode ser esperto e deixar carvão a mais num canto. Também é uma boa estratégia, pois assim é só ir puxando para o braseiro quando necessário. E se você é um desses assadores aflitos, concentre-se. O fogo não precisa ser cutucado e manuseado o tempo todo.

Quem deve ser virada e levantada é a carne! Curiosidade: pode sempre utilizar um método ainda mais simples e comprar uma churrasqueira descartável, que já vem com carvão vegetal.

Como acender fogo na churrasqueira sem fumaça?

Churrasco sem fumaça é o sonho de toda boa dona de casa. Ainda mais se a sua churrasqueira a carvão fica dentro do apartamento. Não tem coisa pior que ficar com tudo fedendo a defumado.

Além disso, a fumaça arde os olhos e a garganta, podendo até estragar o seu evento. Acender a churrasqueira corretamente pode evitar esse tipo de problema.

Há quem diga que um punhado de sal grosso na brasa reduz a fumaça, mas isso é mito. Assim como a ideia de usar óleo de cozinha para acender o fogo. Essa inclusive faz mais fumaça, pois o óleo queima muito rápido.

O método do jornal, que eu falei mais acima é bom. Porém se você usar páginas de jornal com muitas imagens, poderá liberar fumaça tóxica. Por isso, tenha cuidado ao selecionar o jornal e use pequenas quantidades.

Para evitar de todo a fumaça, o melhor mesmo é optar pelo álcool mesmo. Basta encharcar o carvão com álcool gel. A medida certa é uma garrafa inteira para cada saco. Atenção ao fazer isso! Primeiro espalhe o carvão na churrasqueira, depois adicione o álcool, mantendo-se sempre a uma medida segura para não respingar.

Acenda com um fósforo, ainda mantendo a distância, pois o álcool queimará muito rapidamente levantando labaredas altas. Dessa forma não é preciso ficar abanando, a brasa vai pegar fogo e se manter queimando mesmo sem vento.

É muito difícil levantar fumaça com essa técnica!

Como fazer fogo na churrasqueira com acendedor de carvão?

Existe também a possibilidade de usar um acendedor elétrico de churrasqueira. Aí fica barbada! Se você nunca viu um, eu já aviso, é bem esquisito. Os mais antigos são como se fosse um ferro de passar que você liga na tomada e espera esquentar.

Hoje em dia, eles têm uns formatos mais práticos e divertidos. E seguem o mesmo princípio dos esquentadores elétricos de água ou, como chamamos aqui no Sul, rabo-quente. Eles transferem calor para o carvão, deixando-o em brasa.

O maior perigo é que esses acendedores têm fio que precisa ser ligado à tomada. Os fios são geralmente de plástico, o que aumenta consideravelmente os riscos de acidentes e queimaduras. Pode acontecer também de dar um curto-circuito se for mal utilizado.

A vantagem é que é um método limpo de acender churrasqueira. Não faz fumaça, é um pouco mais seguro que atirar fósforos em carvão embebido em álcool e é 100% garantido que vai funcionar. É uma ótima forma de como acender churrasqueira rápido!

Onde comprar acendedor de churrasqueira?

Você encontra esses tipos de acendedores para acender churrasqueira a carvão ou a lenha em supermercados, lojas especializadas e até em alguns açougues. Uma boa ideia é comprar pela internet, porque pode sair bem mais barato.

Um bom utensílio desses custa em média uns R$ 50,00 e pode ser utilizado muitas vezes. Também consome pouca luz, já que fica pouquíssimo tempo ligado na tomada. Por isso pode ser uma alternativa mais econômica e ecológica que ficar gastando álcool e fósforos à toa.

Quase todo acendedor automático é feito de aço inoxidável, fácil de limpar e pesa muito pouco. Ou seja, você pode levar com você para fazer seu churrasquinho em qualquer lugar!

Churrasco de apartamento: qual churrasqueira e como acender?

acender churrasqueira de apartamento

Eis que você mora em apartamento! Por isso a preocupação com as formas de fazer um bom churrasco, contudo sem fumaça, sem sujeira e sem perder qualidade.

Mal o homem aprendeu a manejar o fogo, ele inventou o churrasco. De coletores a caçadores, nós passamos a saciar nossas vontades com uma bela carne chamuscada na brasa. Viver sem isso é complicado, para alguns é até mesmo impossível.

Mas, ao contrário dos nossos antepassados, já não precisamos mais esperar por um raio ou lascar pedras para obter o fogo. Como vimos acima, há inúmeras formas de fazer isso, umas mais fáceis, outras um tanto quanto mais perigosas.

O desafio agora está em fazer o churrasco em espaços pequenos, planejados, pouco práticos e apertados. Você pode apostar nas suas gambiarras, porém se quer certeza e garantias de que terá um bom churrasco (e seu apartamento ainda estará de pé ao final), precisa levar algumas coisas em consideração.

Churrasqueiras portáteis e elétricas

Muitas vezes, em apartamentos a única solução são as churrasqueiras portáteis ou elétricas. Quando muito, conseguimos optar por uma a gás. Entretanto, essas churrasqueiras já vem com acendedores automáticos, dispensando métodos e técnicas mais complexos.

Pode até ser uma vantagem, mas nem sempre é. O sabor de uma carne feita na brasa da lenha ou do carvão é bastante diferente. Aquele defumado único que nos faz salivar a semana inteira à espera do domingo.

E tem mais, as porções! Em churrasqueira de alvenaria, vale tudo! É difícil não caber um boi inteiro. Agora, se o assunto é apartamento, as churrasqueiras menores não dão muita margem de manobra. E o seu churrasco vira um espetinho ou um grelhado!

E se você nem churrasqueira tem, pode ainda improvisar na boca do fogão, brincando com fogo, literalmente. Alguns materiais de ferro fundido à venda permitem que você faça grelhados direto na chama do aparelho. Mas se seu cooktop for de vitrocerâmica, esqueça!

O melhor, nesse caso, é arranjar um latão, um pouco de carvão e um acendedor de churrasqueira e ir embora para um parque.

 

 

 

Crédito das imagens: Unsplash e Freepik

Fontes: Gshow e Wikihow