Acompanhamentos para Churrasco: 30 Receitas Deliciosas

acompanhamentos para churrasco

Fazer acompanhamentos para churrasco à noite ou de dia não precisa ser um drama

Você pode ser um assador de primeira, um ás da churrasqueira, mas quando o domingo se aproxima, você entra em pânico com os acompanhamentos para churrasco. Fazer a carne não tem nada a ver com o resto. São trabalhos muito diferentes e que envolvem variadas habilidades.

Não é à toa que na minha família, quando o assunto era churrasco, as tarefas eram delegadas e todo mundo se dividia pelo que tinha por fazer. Uns tratavam dos acessórios, outros das facas para cortar tudo certinho.   E havia até quem comprasse a churrasqueira elétrica se a festa fosse em apartamento.

acessórios para churrasco

Uns ficavam com a churrasqueira, com as carnes, outros com os acompanhamentos para churrasco. Essa parte nunca foi a favorita do meu pai, ele mesmo dizia. Não por ele ser homem ou qualquer bobagem do tipo. Ele tem as mãos grossas e odeia descascar e cortar coisas miudinhas.

Então quando as minhas avós se juntavam para fazer as saladas de batata, ele sumia. Em compensação, ninguém faz um espeto de picanha como o dele! Se você, como eu, está começando agora a entrar naquela fase da vida adulta que você vira o grande assador da turma, se liga nessas dicas e receitas.

Vamos facilitar seus domingos com ideias práticas para fazer os melhores acompanhamentos para churrasco que você já viu.

O que servir com churrasco?

Quando falamos em acompanhamentos para churrasco, ou o que combina com churrasco, vem de tudo na cabeça. Para uns, basta farofa e salada de maionese. Outros buscam um banquete, com direito à polenta e banana frita, feijoada e arroz campeiro. Em Minas Gerais, o povo gosta da couve frita com bacon e da laranjinha. No Sul, a coisa é mais tradicional.

No Nordeste, muitas pessoas misturam o churrasco com frutos do mar e fazem camarão com alho de entrada. É mesmo muita opção, por isso vamos começar pelo mais simples e vamos ao que interessa.

acompanhamentos para o churrasco

Acompanhamentos para churrasco: Salada de batata e maionese da mamãe

Não existe churrasco sem aquela maionese. Aquela que na infância você repetia seis vezes e rezava para sobrar para o dia seguinte. Aquela que você assistia cuidadosamente sua mãe ou avó fazendo, para gravar o passo a passo. Caso você ainda não tenha aprendido a fazer essa salada tão tradicional, eu tenho umas receitas espetaculares e fáceis para você tentar no seu próximo churrasco.

Maionese tradicional

Para servir até quatro pessoas, você precisa de uma batata branca grande por pessoa cozida e cortada em cubos. Após esfriar, adicione um molho de salsa e cebolinho picados, um ovo cozido picado por pessoa, sal e pimenta a gosto. O segredo da minha mãe, e meu, é colocar uma colher de sopa cheia de azeite de oliva e outra colher de sopa cheia de maionese Liza caseira. Não tem quem não goste.

Maionese com cenoura e ervilha

É basicamente o mesmo que a receita de cima, porém adicione duas cenouras grandes cozidas picadas e uma lata de ervilhas em conserva doce.

Maionese vegana

Para os amigos vegetarianos que vêm no domingo, você também precisa pensar em pratos e acompanhamentos para churrasco. Uma boa ideia é separar algumas batatas (sempre uma por pessoa, no mínimo) e cenouras e fazer assim:

Em uma panela com água fervente coloque a cenoura e deixe cozinhar por dois minutos. Adicione a batata e deixe cozinhar até ficarem macias, o que vai levar pelo menos cinco minutos. Desligue, escorra e reserve.

Em um liquidificador coloque um copo de leite de amêndoas, uma colher de sopa de azeite de oliva e outra de vinagre. Bata um pouco, abra e adicione um dente de alho, sal e pimenta a gosto.

Bata novamente até ganhar uma consistência de maionese. Pode ainda adicionar mostarda e suco de um limão.

Pronto, agora é só misturar as batatas, cenouras e a maionese. Dica, meus amigos veganos adoram essa salada com batata palha por cima.

Incrementando a sua maionese

Todo mundo vai desenvolvendo a sua receita. Por isso, vamos falar de apenas de incrementá-la? Que tal experimentar adicionar alguns ingredientes e deixar todo mundo maravilhado com a novidade?

Eu adoro colocar molho shoyu, ou molho de soja, em vez de sal. Dá um sabor mais autêntico e evita que fique muito salgada a salada.

Afinal, a carne já vai vir com muito sal grosso por cima. Outra coisa que eu acho que deixa a salada de maionese muito boa é alho-poró.

Outra coisa que você pode fazer é substituir a batata pela mandioca/aipim. Fica uma delícia. Geralmente eu faço duas saladas de maionese, uma com batata e outra com aipim.

Acompanhamentos para churrasco: Farofa

Churrasco sem farofa não é churrasco que se preze. Onde que os seus convidados vão molhar o salsichão e o coração? A farofa tem um papel importante, ela acumula no prato aquela aguinha que as carnes malpassadas soltam.

Aquilo mais arroz mais feijão é SENSACIONAL. Desde que me saiu o primeiro dente que eu amo comer isso.

acompanhamentos para o churrasco

Minhas receitinhas de farofa

  1. Tradicional ovo e bacon: A farofa que eu com certeza mais gosto. Você refoga a farofa comum temperada com dois ovos e 150 gramas de bacon bem picadinho.
  1. Farofa de cebola: Antes de jogar a farinha na frigideira, você refoga uma cebola até ficar bem crocante e adiciona também um dente de alho. Para os amantes dos sabores intensos essa fará sucesso.
  1. Farofa de maçã: Essa é um pouco mais trabalhosa, mas é a cara daqueles churrascos de Ano Novo.

Você vai precisar de: quatro colheres de sopa de manteiga; 1/2 cebola bem picadinha; duas maçãs picadas com a casca; 1/2 xícara de chá de passas sem semente; três colheres de sopa de salsinha bem picada; e duas xícaras de chá de farinha crua.

Modo de preparo: coloque a manteiga em uma panela, junte a cebola e deixe fritar até a cebola ficar levemente dourada.

Acrescente as passas e deixe que elas amoleçam.

Desligue o fogo, adicione as maçãs picadas, a salsinha e a farinha de mandioca, misture tudo muito bem. Volte com a panela ao fogo e deixe a farofa aquecer bem, mas sempre mexendo para não queimar.

  1. Farofa de banana: E que tal preparar uma farofa que leva apenas banana, farinha de mandioca, manteiga e uma pitada de sal? Essa é uma clássica do povo brasileiro e vai super bem com churrasco, feijoada e outro pratos da nossa terra.
  1. Farofa de calabresa: A calabresa pode ser uma boa pedida para aquele grupo de amigos que curte apimentar a situação. Você pode adicionar na farofa com ovo e bacon e servir ainda quentinha. No inverno, é uma das minhas favoritas.

Acompanhamentos para churrasco: Pão com alho

É aquela coisa subestimada do churrasco. Se não tem todo mundo reclama e se tem ninguém come tudo.

Fazer um bom pão com alho é bem simples e o segredo está na manteiga. Eu gosto de, um dia antes, preparar uma manteiga especial.

Aí na hora de fazer o churrasco e os acompanhamentos, é só passar no pão. Na minha receita, você derrete um tablete de 500 gramas de manteiga com sal no micro-ondas.

Depois com ela ainda quente, mistura um ramo de cebolinho picado, quatro dentes de alho graúdos e um bom pedaço de parmesão ralado.

acompanhamentos para o churrasco

Deixe esfriar e conserve em um pote na geladeira. No dia do churrasco, tire esse pote um pouco antes, para que a manteiga amoleça e seja mais fácil de por no pão. Nessa hora, não economize, quanto mais manteiga, melhor.

Dica: quando colocar o pão no espeto, coloque-o abaixo de uma carne gorda que demora mais para assar. A gordura da carne vai pingar no pão e isso deixará o sabor incrível mesmo.

Acompanhamentos para churrasco: Outras saladas essenciais

Salada de tomate com cebola: Consiste em algo bem básico, tomate e cebola. Eu gosto de cozinhar a cebola em rodelas por alguns minutos em água.

Só para diminuir a acidez. Depois junto isso ao tomate, sal e muito azeite de oliva.

Salada vinagrete: tomate, cebola, pimentão e pepino picadinhos bem miudinhos, com sal, azeite de oliva e vinagre. Isso por cima da farofa dá um sabor especial ao seu domingo. Folhas verdes: rúcula, alface e couve ajudam na digestão e deixam a mesa mais colorida.

Sem falar que assim todo mundo se sente um pouco menos culpado da luxúria gastronômica.

acompanhamento para o churrasco

Molhos para a carne

Há quem goste de por um molhinho por cima da carne. Parece estranho, mas duvido que você não tenha ido à uma churrascaria e se deliciado com uma picanha com alho ou um filé com queijo. Veja então esses molhos que você pode fazer em casa!

Molho barbecue

Para fazer 300 gramas, você precisa de: 1/2 cebola ralada; um dente de alho esmagado, um fio de azeite; duas colheres de sopa de açúcar mascavo; 1/3 de xícara de chá de vinagre de maçã ou de arroz; 1/3 de xícara de chá de água; duas xícaras de chá de ketchup; duas colheres de sopa de molho inglês; uma colher de sopa de mostarda dijon; duas colheres de sopa de mel; uma colher de chá de páprica defumada; cominho, pimenta e sal a gosto.

Modo de preparo: Aqueça o azeite em uma panela e refogue rapidamente a cebola e o alho, quando começarem a aguar junte o ketchup, o vinagre, o açúcar mascavo, a água, a mostarda, o molho inglês e o mel e mexa bem.

Ainda em fogo alto junte a pimenta, a páprica defumada, o cominho em pó e o sal. Misture novamente.

Deixe cozinhar em fogo alto até levantar fervura, mexendo ocasionalmente. Depois de levantar fervura reduza o fogo e deixe cozinhar por aproximadamente 30 minutos com a panela destampada e mexendo ocasionalmente.

Ao final do cozimento o molho ficará bem encorpado e com uma cor mais escura. Deixe esfriar e armazene em potes de vidro com tampa por até um mês na geladeira.

Molho de alho

Simples e fácil, mas é um dos mais pedidos. Para fazer você precisa de: um ovo inteiro, três dedos de um talo de alho-poró; uma colher de sopa de alho picado; uma colher de chá de vinagre branco; óleo, sal e pimenta à gosto.

Modo de preparo: Bata num liquidificador o ovo, os alhos e o vinagre até ficar uma mistura homogênea. Aí você vai fazer igual maionese caseira, ligar o liquidificador e retirar o meio da tampa e ir acrescentando o óleo em fio.

Vai batendo até que fique na consistência que você gosta. Dica: se você, como eu, é paranoica com a ideia de comer o ovo cru, pode fazer essa receita com um ovo cozido, desde que a gema fique mole.

acompanhamentos para o churrasco

Molho chimichurri

O chimichurri é um molho tradicional do Uruguai feito com alho, orégano, pimenta, algumas outras especiarias, azeite e vinagre. O preparo é super simples: basta misturar todos os ingredientes e pronto! Mais prático que isso só se comprar pronto, não é mesmo?

O grand finale

Quem disse que sobremesa não é um dos acompanhamentos para churrasco? Para mim, o melhor final de domingo é quando todo mundo senta empanturrado em roda de chimarrão para comer o pudim da minha avó.

Esse pudim é esperado com ansiedade por todo mundo e todos nós guardamos um espacinho no estômago para ele. A receita é barbada.

Você vai precisar de cinco ovos, duas latas de leite condensado, a medida de uma lata de leite integral, uma garrafinha de leite de coco e uma xícara de açúcar. Eu uso o demerara, mas você pode usar o açúcar da sua preferência.

acompanhamentos para o churrasco

Antes de bater todos os ingredientes no liquidificador, ligue o forno em 180 graus. Em uma panela, coloque a xícara de açúcar e mexa até formar o caramelo. Ainda quente, despeje o caramelo na forma de pudim e balance para que cubra a maior área possível.

Depois, os outros ingredientes que você bateu no liquidificador devem formar uma massa bem líquida e homogênea. Essa mistura vai em cima do caramelo na forma.

Tampe e leve ao forno em banho maria. Leva de 45 minutos a uma hora para ficar pronto. Não desinforme quente ou seu pudim vai virar um desastre. Deixe gelar por horas antes de servir. É um acompanhamento de churrasco chique, eu sei, no entanto é essencial para mim!

E o brigadeiro?

Verdade! Falar de acompanhamentos para churrasco, mencionar o pudim e não falar do brigadeiro seria um grande crime. Mas calma, eu não me esqueci dele, o rei das festinhas infantis e dos finais de tarde de domingo.

O brigadeiro é uma ótima sobremesa para encerrar um churrasco, seja ele gourmet ou não. Você pode fazer do simplão, de panela mesmo, para comer de colher. Ou optar por enrolar e enfeitar com diferentes ingredientes, para agradar todos os gostos.

Se o seu churrasco for uma ocasião especial, pode até fazer o brigadeiro em pelotines mais bonitos, para terem algum destaque. Aliás, e por que não fazer uma mesa de doces, bem bonitona, no centro do seu evento?

Além disso, fazer brigadeiro é muito simples. Basta uma lata de leite condensado para seis colheres de sopa de cacau em pó e duas colheres de sopa manteiga. Leva ao fogo baixo e mexendo sempre. Se você quer o tipo de comer de colher ou copo, é melhor não cozinhar até soltar completamente do fundo. O ponto em que o brigadeiro fica mais consistente é o ideal para enrolar.

Você pode também fazer outras versões, como branquinho, o beijinho e o cajuzinho. Basta adicionar ou remover ingredientes na hora de levar tudo para a panela.

brigadeiro no churrasco

Acompanhamento – churrasco chique ou gourmet

Nem sempre o nosso churrasco é aquele simples do dia a dia. Às vezes pode ser algo mais complexo ou até gourmet. Se você quer ver acompanhamento para churrasco à noite, veio ao lugar certo.

Confira abaixo uma seleção de receitas de acompanhamentos para fazer um churrasco gourmet. Esqueça a farofa, o arroz e o feijão. Veja como fazer do seu churrasco um grande evento. E o segredo para isso está nos acompanhamentos para churrasco!

Receitas de guarnições e acompanhamentos chiques

Seu churrasco pode não ser um churrasco qualquer. O evento em que se realiza um churrasco pode ser muita coisa: desde um reencontro entre amigos até um casamento. Com essas receitas você poderá realizar eventos finos sem dispensar o melhor: aquela carne assada na brasa.

Veja quais os melhores acompanhamentos para churrasco dos seus sonhos:

1. Tartare de banana

Não, não é aquela banana frita e cheia de óleo. Esta guarnição é especial e bastante diferente. A receita abaixo rende o suficiente para duas pessoas, mas você pode adicionar mais quantidades e usá-la em um evento mais fino.

Ingredientes:

  • Uma banana prata cortada em cubinhos;
  • Uma colher de sopa de suco de limão;
  • Uma cebola roxa picada;
  • Meia colher de sopa de pimenta biquinho amassada;
  • Uma colher de sobremesa de salsinha picada;
  • Azeite a gosto;
  • Pimenta-do-reino a gosto.

Modo de preparo:

Comece cortando a banana e colocando-a em uma tijela junto do suco de limão. Adicione a pimenta biquinho, a cebola e a salsinha. Finaliza com os demais ingredientes a gosto.

É mesmo só isso. Nada de cozinhar a banana. Pode parecer estranho comer a fruta como salada, mas experimente e você se surpreenderá.

2. Palmito assado

Simples, suculento e delicioso. O palmito assado ajuda a suavizar os sabores das carnes, deixando nosso paladar novamente mais neutro. Isso ajuda também na digestão, dando um toque muito mais leve ao seu churrasco. Veja como fazer!

Ingredientes:

  • Um pedaço grande de palmito pupunha inteiro e ainda na casca;
  • Pimenta-do-reino e salsinha a gosto;
  • Azeite de oliva extra virgem a gosto;
  • Sal grosso triturado a gosto.

Modo de preparo:

Primeiro, embrulhe o palmito pupunha em papel alumínio e leve-o a churrasqueira. Coloque-o a uma distância de 40 ou 60 centímetros da brasa, longe das labaredas. O palmito é muito sensível e, por isso, deve evitar queimá-lo.

Deixe assar por pelo mebos duas horas. Quando perceber que a parte maior do palmito está macia, retire o papel alumínio e coloque-o a 15 cm da brasa por mais uns 15 minutinhos.

Então, corte o palmito ao meio, retirando o recheio cuidadosamente com a ponta da faca. Tempere com o sal, o azeite, a pimenta e a salsinha. Sirva em seguida.

acompanhamento de churrasco gourmet

3. Tomate recheado

Um tomate recheado bem feito não só é um excelente acompanhamento como também dá outro ar a uma mesa. Fica uma delícia para o estômago e para os olhos. Confira como agradar seus convidados com essa receita incrível.

Ingredientes:

  • Seis tomates grandes e levemente maduros;
  • Três xícaras de chá de arroz alongado cozido;
  • Um ovo cozido picado;
  • Seis colheres de sopa de maionese;
  • Uma colher de sopa de queijo parmesão ralado;
  • Uma colher de sopa de salsa e cebolinho picados;
  • Pimenta e sal a gosto.

Modo de preparo:

Antes de começar, lave bem e enxugue os tomates. Corte-os ao meio, retire as sementes e coloque-os virados para baixo sobre um papel toalha. Enquanto isso, em uma refratária, misture o arroz, o ovo, a maionese, o queijo, a salsa e o cebolinho, a pimenta e o sal. Recheie os tomates e sirva-os com folhas verdes.

Se quiser, pode cortar os tomates de forma criativa, com zigue-zagues, para que sirvam também de objeto de decoração. O recheio também pode ser diferente, use sua criatividade!

4. Batata marguerita

Não é apenas a pizza que pode ser marguerita. A batata também pode fazer uso deste nome. Basta rechea-la criativamente com tomate e manjericão. Não esqueça do queijo. Muuuuito queijo!

Ingredientes:

  • Meia xícara de chá de azeite de oliva extra virgem;
  • Quatro dentes de alho bem picados;
  • 300 gramas de batatas cozidas al dente e cortadas em rodelas grossas;
  • Dois tomates cortados em rodelas grossas;
  • 100 gramas de queijo muçarela ralado;
  • Majerição fresco picado a gosto;
  • Sal a gosto;
  • Pimenta-do-reino a gosto.

Modo de preparo:

Comece por aquecer em uma frigideira, as três colheres de sopa do azeite de oliva extra virgem. Em seguida, doure o alho e reserve. Em uma refratária bonita, acomode as rodelas de batata e, por cima, as de tomate.

Tempere com o alho dourado, o sal, a pimenta e o manjericão. Regue com o restante do azeite e polvilhe com o queijo muçarela. Asse no forno, preaquecido, a 200 ºC por aproximadamente 30 minutos.

Sirva ainda quente. Fica uma delícia como acompanhamento de picanhas e maminhas, por exemplo. E traz um colorido para o seu churrasco!

5. Shimeji na manteiga

Quem disse que não se pode misturar churrasco com comida oriental? Os cogumelos tipo shimeji fazem excelentes acompanhamentos para churrasco. Ainda mais quando refogados em manteiga!

Confira abaixo como é simples de fazer. Se o seu evento for gourmet, pode servir em potes pequenos como um canapé de entrada. Fica bem bonitinho!

Ingredientes:

  • 250 gramas de cogumelos shimeji;
  • Duas colheres de sopa de manteiga de qualidade;
  • Quatro colheres de sopa de shoyu;
  • Quatro colheres de sopa de saquê;
  • Meia colher de chá de pimenta-do-reino preta;
  • Um tablete de caldo de legumes.

Modo de preparo:

Antes de começar, lave o shimeji e divida os tufos. Em uma panela tipo wok, derreta a manteiga com o caldo de legumes e acrescente os cogumelos shimeji. Continue mexendo sempre, por aproximadamente oito minutos em fogo baixo ou até o shimeji soltar um pouco de água.

Acrescente então o shoyu e mexa por mais uns dois minutos. Coloque o sakê e deixe por mais uns dois minutos em fogo mais baixo. É importante que o shimeji mantenha um pouco da sua textura, portanto não deixe os cogumelos cozinharem demais.

Sirva com as saladas e outras entradas do churrasco. Fica bom também junto das farofas.

como fazer chimichurri

Cardápio churrasco – acompanhamentos regionais

Independente se você é do Norte ou do Sul, você chegou até aqui porque ama um bom churrasco. Em cada Estado existe uma cultura desse delicioso prato tradicional. Engana-se quem pensa que só nós gaúchos apreciamos essa arte!

E você pode até se aproveitar dos conhecimentos de outros Estados brasileiros para inovar nos acompanhamentos para o seu churrasco. Veja abaixo algumas sugestões de comidas que você só encontra em alguns cantinhos específicos do Brasil e que podem deixar seu churras divino.

1. Queijo coalho

Iguaria tradicional do Nordeste, quem não ama um queijo coalho? E ele tem tudo a ver com churrasco, pois é feito em brasa quente e é muito fácil de reproduzir em casa.

Qualquer supermercado vende o queijo específico, produzido a partir da união do leite cru com o coalho. Além disso, ele costuma já vir fincado em palitos, para facilitar o trabalho do assador.

Não tem mistério também no modo de preparo: é só deixar alguns minutos em cima da grelha e longe do fogo. Depois serve-se acompanhado de melaço.

2. Feijão mexido

Uai! Já diriam os mineiros. O feijão mexido é um dos muitos acompanhamentos para churrasco em Minas Gerais. Além de ser uma delícia, é bastante substancioso.

E se você pensa que é parecido com a feijoada, esqueça! Não tem nada a ver. Veja como fazer esse prato para acompanhar um cupim no espeto.

Ingredientes:

  • Um quilo de feijão preto;
  • Duas xícaras e meia de chá de farinha de mandioca;
  • 250 gramas de bacon;
  • 250 gramas de charque (dessalgado e cozido);
  • 250 gramas de linguiça;
  • Duas cebolas picadas;
  • Dois dentes de alho picado;
  • Dois ovos cozidos;
  • Salsa e cebolinho a gosto;
  • Pimenta-do-reino a gosto;
  • Sal a gosto.

Modo de preparo:

Primeiro, cozinhe o feijão em água numa panela de pressão. Enquanto isso, frite o bacon e a linguiça em uma frigideira antiaderente. Quando dourar bem, adicione a cebola e o alho e refogue mais um pouco. Depois acrescente o charque, misture e reserve.

Ao tirar o feijão da pressão, adicione a mistura acima na panela. Então, tempere com o sal e a pimenta, conforme achar necessário. Com a panela ao fogo, mas sem a pressão, vá mexendo e adicionando aos poucos a farinha de mandioca até que o feijão engrosse bem.

Depois, é só servir com o ovo, a salsa e o cebolinho picados por cima.

3. Chimichurri

Como falamos acima, o chimichurri é um dos acompanhamentos para churrasco uruguaio. Por isso, é bastante tradicional na região Sul do Brasil.

Fazê-lo é mesmo muito simples. Se você ainda não sabe, confere aí o passo a passo e não deixe de comer um pernil assado com esse fantástico molho!

Ingredientes:

  • Uma colher de chá de sal grosso;
  • Uma xícara de água;
  • Duas colheres de sopa de alho picado;
  • Uma colher de chá de pimenta tipo calabresa;
  • Uma colher de chá de orégano seco;
  • Duas folhas de louro;
  • Meia xícara de salsinha picada;
  • Uma colher de sopa de vinagre de vinho branco;
  • Duas colheres de sopa de azeite.

Modo de preparo:

Comece por ferver a água e dissolver bem o sal. Desligue e deixe a salmoura amornar. Aí é só adicionar o alho picado, a pimenta e as ervas secas, misturando bem. Somente quando estiver realmente frio que você deve juntar a salsinha, o vinagre e o azeite.

4. Compota de caju

Mais uma receita de acompanhamentos para churrasco típica do Nordeste. Essa compota doce pode tanto acompanhar as carnes quanto servir de excelente sobremesa.

Receita caseira, ela pode ser um pouco mais difícil de fazer. Aprenda abaixo o passo a passo completo e veja o que vai precisar.

Ingredientes:

  • Dois quilos de caju maduro;
  • Um quilo de açúcar.

Modo de preparo:

Lave bem os cajus e corte-os em cubos médios. Deixe assim na geladeira de um dia para o outro. Depois, descarte o excesso de suco e coloque apenas a fruta em uma panela antiaderente. Abra um espaço no centro da panela e despeje o açúcar.

Ligue o fogão em fogo médio, tampe a panela e deixe o açúcar derreter formando uma calda. Mexa pouco e apenas de vez em quando, para misturar o suco da fruta com o açúcar.

Quando o açúcar dissolver por completo, remova a tampa e deixe cozinhar lentamente em fogo baixo. A mistura deve começar a ficar espessa e cremosa, como um caramelo.

Depois, é só comer! Se quiser, pode guardar em potes de vidro na geladeira para aproveitar em outras ocasiões.

 

 

Crédito das imagens: FreepikPexels e Wikimedia Commons

Fontes: Estadão

Angeloni Eletro