Melhor Cerveja Para Churrasco, Como Escolher?

melhores cervejas para churrasco

Veja aqui uma excelente seleção de cerveja para churrasco e surpreenda seus convidados!

É preciso saber escolher a melhor cerveja para churrasco. Não me venham com engradado barato de cervejas para churrasco. Quando o pessoal já chega na beira da brasa com Skol e semelhantes eu já mando voltar no supermercado. Um bom churrasco não pode ser acompanhado de uma cerveja ruim ou barata.

Ainda mais quando vamos assar uma carne para muitas pessoas. Aí vai ter gente que vai se queixar que, para calcular a quantidade de cerveja por pessoa, fica muito caro fazer um evento com cerveja de qualidade. É por isso que você precisa de saber agora onde comprar as melhores cervejas para churrasco.

Melhores cervejas para churrasco – artesanais

Quando falamos em cerveja artesanal, muita gente já pensa naquelas em barril ou feitas em um fundo de garagem. Mas a verdade é que já existem diversos tipos de cervejas artesanais industrializadas e de fácil acesso no mundo todo.

Não tem desculpa para errar aqui! Separei, abaixo, algumas sugestões fáceis de acordo com os alimentos. Confira!

Saladas e churrasco vegano

Para os vegetarianos de plantão, a Suméria Bilbat é uma cerveja excelente e leve. Como o churrasco vegetariano é muito mais leve, é importante manter o teor alcoólico baixo, para que ninguém se sinta mal ou fique bêbado cedo demais.

É bom escolher bebidas com pouco amargor, pois o sabor da bebida não deve se sobrepor de todo aos pratos servidos. Os melhores rótulos, neste caso, são German Pilsner, Bohemian Pilsner, Pale Ale e Witbier.

O teor alcoólico destes tipos varia entre 4,4% e 5,4%. São brancas, cremosas e a espuma geralmente é persistente. Algumas podem ser mais amargas, mas o sabor forte logo desaparece.

Cervejas indicadas:

Nome Estilo Teor alcoólico
Suméria Bilbat German Pilsner 4,5%
Madalena Bohemian Bohemina Pilsner 5%
Júpiter Tânger Witbier 4%
Whitehead Witbier 5,2%
Bohemia 838 Pale Ale 5,4%

Pilsner

Aves

Para quem curte assar um galetinho ou fazer umas wings, tenho algumas sugestões que vão ser como um truque na manga! Eu gosto de apostar em estilos como American Brown Ale, Amber Larger, Rauchbier e Porter.

As primeiras são caramelizadas e tem aquele sabor do malte tostado no fundo. Vão super bem com molho barbecue e frango com toques de limão.

Assim como a Rauchbier, que é uma das melhores cervejas para churrasco no geral. Elas são produzidas com o malte defumado. Tem gente até que diz que o gosto lembra bacon.

Estas cervejas já são um pouco mais fortes, com um teor alcoólico entre 4,8% e 6%. Vale lembrar a Budweiser, uma das mais tradicionais Larger no mundo todo.

Não só é uma cerveja barata que combina com churrasco, como a marca criou toda uma tradição em relação ao evento. Inclusive existe um livro da Budweiser sobre churrasco.

A Heineken também é uma Larger famosa. Você provavelmente já elegeu esta uma das suas favoritas cervejas para churrasco.

É ótima para grandes eventos, pois seu sabor geralmente agrada a todos os gostos. Mesmo tendo uma presença muito forte no Brasil, ela é Holandesa.

Entre as outras, as que eu mais gosto são as abaixo.

Cervejas indicadas:

Nome Estilo Teor alcoólico
Anchor Brekle’s Brown American Brown Ale 6%
Eisenbahn Cinco Anos Amber Larger 5,4%
Aecht Schlenkeria Rauchbier 5,1%
Urwald Porter 5,6%

Heineken

Carnes vermelhas

As grandes estrelas do churrasco, portanto precisam das melhores bebidas como acompanhamento. Então, para as carnes de churrasco, a cerveja deve ter um teor alcoólico mais elevado.

Recomendo isso por causa do sabor defumado e intenso da carne e do dulçor proveniente da caramelização na brasa. Sabe quando queima a gordurinha da picanha e fica aquela casquinha dourada? É disso que estamos falando.

Estilos como Porter, Brown Ale, Dubbel ou Double IPA são os mais indicados. São bebidas igualmente fortes e cujo amargor contrastará com as carnes.

É claro que é possível apreciar a carne vermelha com cervejas leves ou frutadas, como as Pilsner e as de trigo, mas provavelmente seu sabor seja ofuscado. Ninguém vai obrigar você a fazer uma boa harmonização, tudo é questão de gosto!

Porter

A minha favorita, porque é encorpada e cremosa. As cervejas estilo Porter são escuras com aroma marcante de chocolate, caramelo ou café. Apesar de acompanhar muito bem uma sobremesa, a cerveja americana também se destaca com bifes, entrecôtes e steaks.

Apesar do sabor complexo, torrado e pouco amargo, é fácil de beber. O teor alcoólico é de 5,6%, por isso é bom não ultrapassar muito os dois copos.

Porter

Rauchbier

É a típica cerveja a base de malte defumado, muitas vezes acompanhada de notas frutadas. Muitas pessoas ressaltam que no paladar sentem um gostinho adocicado de caramelo do malte. Extremamente leve e pouco amarga, fica uma delícia com churrasco, carnes ao molho barbecue e defumados em geral.

Red Ale

As Red Ale tem baixa fermentação e, por isso, são menos alcoólicas. Isso as torna mais fáceis de beber em dias de exagero gastronômico.

São mais digestivas e pesam menos no estômago. A Red Ale é uma cerveja altamente lupulada e, portanto, de amargor característico, com sabor adocicado equilibrado. No paladar, destacam-se as notas de malte, de caramelo e de pão.

Dry Stout

O estilo Dry Stout é ótimo para acompanhar carnes moídas, hambúrgueres e carnes de panela. No churrasco, elas casam melhor com comidas como churrasco americano.

Com pouco gás e pouco corpo, o sabor meio amargo dessa cerveja se mistura aos aromas de torrefação do café e do chocolate. Sua coloração é forte e o teor alcoólico é baixo, só 4%, então, está liberada.

Larger

Dubbel

Existem muitas Dubbel interessantes por aí. São fortes, com corpo denso e um gostinho persistente de malte torrado e frutas secas. Vale destacar a mineira Wäls Dubbel, que levou o último prêmio da categoria Belgian Dubbel no World Beer Cup.

O teor alcoólico é bastante alto: 7,5 % de álcool. Por isso, é bom bebê-la com o estômago já um pouco forrado. Fica ótima com carnes mal passadas ou rosbifes.

Cervejas indicadas:

Nome Estilo Teor alcoólico
Taberna Do Vale Dry Stout 4%
Brooklyn Brown Ale 5,6%
Küd Smoke On The Water Rauchbier 6,7%
La Trappe Dubbel 7%
BrewDog Jack Hammer IPA 7,2%
Wäls Dubbel Belgian Dubbel 7,5%
3 Lobos Bravo Porter 9%
Dado Bier Imperial Red Ale 9,5%

 

cervejas para churrasco

Harmonização por corte, contraste ou semelhança

Escolher as melhores cervejas para churrasco não é fácil. Primeiro, porque exige que você saiba um pouco mais sobre harmonização; segundo, porque você não encontra as melhores cervejas em qualquer supermercado. A harmonização por corte é a melhor forma de garantir que a cerveja que você vai escolher casará bem com o seu evento.

Funciona quando alguns elementos da cerveja, como a carbonatação, amargor e álcool quebram os sabores e gorduras do prato escolhido. Isso limpa o paladar das pessoas para que elas possam repetir uma porção ou prato.

Já a harmonização por contraste, mais conhecida, é quando as características da cerveja e do prato se equilibram pela diferença. Ou seja, você consegue sentir e valorizar cada um individualmente, porém juntos, criam uma espécie de terceiro sabor. Este efeito deixa o conjunto ainda melhor.

E a harmonização por semelhança é quando sabores do prato e da cerveja se misturam acentuando algo em comum nos dois. A cerveja ideal para acompanhar a carne do churrasco irá depender muito também dos cortes de carne escolhidos e da quantidade de cerveja por pessoa.

Quando for uma ocasião mais intimista, as cervejas mais lupuladas são indicadas. É o caso das famosas IPAs, que combinam muito bem com picanhas e carnes mais gordurosas.

Nesse caso o lúpulo, presente na cerveja, age sob a gordura da carne, o que limpa o paladar e abre o apetite para o próximo pedaço. O mesmo ocorre com o álcool da bebida. O caramelo da cerveja também traz proximidade com as proteínas e açúcares da carne, que são caramelizados no fogo da churrasqueira.

cervejas claras

Cervejas para churrasco: IPAs

Esqueça quantas latas de cerveja por pessoa quando for fazer um churrasco mais gourmet com cervejas IPAs. A sigla, em inglês, quer dizer Indian Pale Ale (IPA).

Proveniente da Inglaterra, reza a lenda que esta cerveja foi criada com mais lúpulo e álcool para que ela aguentasse viagens mais longas, já que o lúpulo é um conservante natural e as viagens da época iam para a Índia.

Para começar, a cerveja, em geral, é basicamente feita de quatro ingredientes: malte, lúpulo, água e levedura. Depois é que entram os adjuntos que darão o toque final e enquadrarão as bebidas nos diferentes estilos, como as frutas, os açúcares e os contimentos.

As cervejas mais baratas contêm milho. E fica aqui o alerta já que as marcas mais consumidas nos bares e botecos brasileiros levam xarope de milho na receita, o que não deveria fazer parte da composição original.

O alimento entra na receita para deixar a bebida mais leve e diminuir custos, já que o malte de cevada é caro. As IPAs têm um valor mais elevado justamente porque não contêm milho e são puro lúpulo.

Elas se dividem ainda em três tipos: American IPA, English IPA e Imperial IPA. As duas primeiras têm aromas cítricos e colarinho persistente, enquanto a terceira é bem mais amarga.

IPA

American IPA

É a versão mais popular desta cerveja. Porém ela também é subdividida em algumas ocasiões, aqui no Brasil não ouvimos muito falar sobre isso. Nos Estados Unidos, a American IPA se divide entre duas categorias: East Coast e West Coast (inventada na Califórnia).

Entre as características marcantes, destacam-se o amargor que ela apresenta e também o aroma intenso que vem dos lúpulos americanos.

Recomendações de cervejas para churrasco: Dama Bier IPA, Green Cow IPA e Baden Baden American IPA.

English IPA

A IPA é tradicionalmente Inglesa, mas muitos países pelo mundo têm as suas versões, como é o caso da American IPA. A English IPA pode não ser a mais popular, no entanto é a mais antiga e também a original do estilo.

Tem o malte muito mais acentuado que a versão americana e um aroma de lúpulo mais discreto. Por isso tem outro perfil aromático e se diferencia bastante da sua irmã norte-americana.

Mesmo tendo menos lúpulo, se mantém com um bom equilíbrio entre o malte e o amargor. Sendo mais balanceada que os outros estilos.

Recomendações de cervejas para churrasco: Dama Bier ESB, Backer Pale Ale e Krug Bier Sarcasmo.

onde comprar cerveja

Imperial IPA

A Imperial IPA também pode ser chamada de Double IPA ou Double Pale Ale e é a versão mais potente das IPAs. Então se você não é um fã da cerveja forte e amarga, passe longe.

Eu recomendo este estilo para aqueles que não só amam cerveja, como também gostam de se arriscar. Seu amargor é ainda mais acentuado, com doses até exageradas de lúpulo e teor alcoólico elevado, realmente recomendado para quem quer algo bem extremo!

Por causa disso, estas cervejas podem chegar a ter o teor alcoólico tão elevado quanto de um vinho, com valores como 9%, 10% e até acima dos 14%.

Por aqui, esses números não são muito corriqueiros. E, se você nunca bebeu, pode estranhar no primeiro gole.

Recomendações de cervejas para churrasco: Eviltwin Brewing Molotov Coktail, Roleta Russa Imperial IPA e Baden Baden Perigosa.

Session IPA

Ao contrário da Imperial IPA, esta cerveja aposta justamente no baixo teor alcoólico. sem perder as características lupuladas. As Session IPAs são cervejas desenhadas para serem bebidas em maior quantidade e seu teor alcoólico beira os 5%.

São feitas para obter o máximo de aroma com o mínimo de amargor no processo, por isso elas são mais harmoniozas e fáceis de beber. Para quem odeia cerveja amarga, são perfeitas. Sem falar que você pode beber mais sem bater aquela sensação de perna bamba, como ficaria tomando qualquer outro tipo de IPA.

Recomendações de cervejas para churrasco: Session Citrus, Colorado Eugênia e Funk IPA.

IPA

Belgian IPA

A Belgian IPA é uma cerveja fora do comum. Para começar, é considerada uma bebida híbrida, porque foi criada por americanos que utilizaram parte do padrão belga na produção da cerveja.

É um estilo mais contemporâneo, se comparado aos outros, e se baseia em outros estilos belgas, mas com a adesão de mais amargor e aroma. Sua coloração é variada, podendo ser mais clara, tendendo para o dourado ou até o acobreado. O sabor predominante é caracterizado pelas leveduras europeias.

Recomendações de cervejas para churrasco: Les 4 Surfeurs de L’Apocalypso, Delirium Argentum, Cerveja BH Models e Leuven Belgan IPA Dragon.

Black IPA

Também conhecida com India Black Ale, as Black IPAs são obviamente escuras. O seu malte é tostado, dando uma característica de coloração que poucas cervejas têm. Geralmente, seus sabores remetem a chocolate, café, caramelo ou frutas crítricas. Mas se engana quem acha que irá encontrar menos amargor nela por isso.

Recomendações de cervejas para churrasco: Hi5, Eviltwin Female Fatale Noir e Invicta Black Cat.

Red IPA

Está é uma cerveja menos comum no mercado brasileiro. Ela apresenta características únicas, pois além de ter a coloração rubi, recebe malte da American Lamber Ale, que dá o amargor conhecido das IPAs. É uma bebida mais seca e que lembra caramelo.

Recomendações de cervejas para churrasco: Shipyard Red IPA e Hop Head Had.

White IPA

Pode ser encontrado também como Wit IPA. Esse estilo se caracteriza por ter a base de uma Witbier, mas com a devida adição extra de lúpulo. São, por isso, cervejas mais claras, com elementos como laranja e coentro no aroma, deixando o lúpulo pouco reconhecível. Seu teor alcoólico varia entre 5,5% e 7%.

É um estilo tão recente que foi reconhecido pela guia de estilos da Beer Judge Certification Program (BJCP), em 2015. Por isso são poucos os rótulos à disposição.

Quantas latas de cerveja por pessoa?

Agora que você já sabe tudo sobre cervejas para churrasco, só falta um detalhe: saber calcular as quantidades. O melhor é sempre levar em consideração que cada pessoa bebe em média três a quatros latas de 300 ml.

Então você já tem uma ideia de como somar e dividir. Se optar por cervejas mais fortes, diminua uma lata por pessoa.

Para calcular o chope, ou a cerveja de pressão, faça as contas em litros. Cada pessoa pode beber em média um litro a um litro e meio de chope em um evento prolongado. Uma dica: a cada 20 litros de chope, você tem 66 copos de 300 ml.

Cerveja e churrasco: um prazer só

É verdade que investir na bebida pode sair caro. Mas, uma cerveja que harmoniza com picanha faz toda a diferença! Quem nunca sentiu o casamento entre bebida e comida boa na boca? Tem alguns que fazem a gente salivar só de pensar.

É como queijos e vinhos e feijoada com cachaça. Se você tem um queijo bom, não vai comê-lo com vinho de mesa. Outro erro comum das pessoas é achar que a cerveja tem que estar sempre estupidamente gelada.

Isso pode alterar o sabor da bebida e até mesmo causar alguns acidentes explosivos no seu congelador, caso se esqueça das latinhas.

cerveja com hambúrguer

Harmonização cerveja – churrasco tradicional

No churrasco tradicional, há muitos alimentos que não só a carne. Tem farofa, tem pão com alho, tem os acompanhamentos e mais.

Por isso, é possível escolher cervejas especiais, e com personalidade, para acompanhar diferentes coisas, como a carne, a salada, o frango, entre outros. Cada ingrediente do churrasco afeta uma parte diferente do nosso paladar.

E cada um deles tem uma opção ideal da bebida fermentada para fazer par. Quem não entende nada de cerveja ou não costuma ler os rótulos poderá ter um pouco de dificuldade com o assunto.

Então eu separei aqui algumas sugestões para que vocês saibam qual a melhor cerveja para acompanhar churrasco. Primeiro, é importante que você comece por bebidas mais leves e com sabores menos intensos, antes de evoluir para as cervejas mais complexas e encorpadas.

Assim, poderá ter uma experiência mais completa.

cerveja artesanal

 

Crédito das imagens: Allthefreestock

Angeloni Eletro