Cupim na Churrasqueira: Como Fazer e Ter Uma Carne Macia

como fazer cupim na churrasqueira

Fazer cupim na churrasqueira não é fácil, mas também não é impossível. Aprenda como assar essa carne da maneira correta!

Talvez não exista um corte de carne que divida mais opiniões entre os churrasqueiros do que o cupim. E com certeza não é pelo sabor! Eu particularmente adoro um bom cupim na churrasqueira, quando é bem assado. O problema é justamente esse: assar o cupim.

Antes de mais nada, você precisa saber de onde vem esse corte de carne. Nem todo mundo sabe que o cupim é uma das carnes dianteiras do boi. Esse é um corte bastante específico, que só pode ser encontrado na raça de bois chamada de zebuína e em suas subdivisões.

O que é o cupim?

Sabe aquela córcova que alguns bois têm? Pois então, essa córcova é o famoso cupim. Isso significa que o cupim é uma carne grossa, fibrosa e grande, e é por isso que a maioria dos churrasqueiros de domingo se pergunta como fazer cupim na churrasqueira, já que ela demora muito mais para assar do que a maioria dos demais cortes.

Muita gente acha que, por isso, deve cortar o cupim em bifes ou que deve amaciá-lo. Isso é apenas um dos muitos mitos que envolvem essa carne. Fazer isso irá justamente deixar a carne dura e sem sabor. Por isso um dos segredos é assá-la inteira, já que é uma carne entremeada por gordura, o que garante maciez e um sabor próprio ao paladar quando bem assada.

Como fazer cupim na churrasqueira?

fazer cupim na grelha

Eu disse em outra ocasião que raramente asso cupim nos meus churrascos. Os amigos não tem muita paciência de esperar essa carne ficar pronta e acabam logo se empanturrando com os outros cortes. Mas se você quer ser aquele assador ou assadora conhecido por fazer um cupim inesquecível, saiba que o primeiro passo é justamente ter paciência.

O fato de esse corte ter a gordura entre a carne e os nervos pode ser tanto algo maravilhoso como algo terrível. Se você acertar no ponto, perfeito: terá uma das mais saborosas carnes de churrasco que existem, com um gosto marcante e com uma maciez surpreendente. Agora se errar, a carne ficará dura e com um sabor bastante ruim. Por isso a segunda regra para fazer cupim na churrasqueira é: ele é o primeiro a ir para o fogo e é o último a sair.

Outra coisa importante a respeito de assar esse corte de carne é que você precisa ter uma churrasqueira espaçosa, grande, dessas que tem mais de um andar. Isso também explica porque não é muito comum encontrar cupim em um churrasco feito em casa. Nem todo churrasqueiro tem o aparato necessário. Caso você tenha, mãos à obra!

Cupim na brasa

Primeiro vamos salgar a carne. Nada de sal fino ou sal de cozinha comum: é sal grosso mesmo e apenas isso. Nada de ervas finas ou molhos especiais, já que o cupim dispensa esse tipo de tempero. Feito isso, espete a carne com um espeto único, pois ela não assa da mesma forma em espetos duplos.

Por fim, o passo mais importante antes de levar o cupim para a churrasqueira. Você irá enrolar a carne em papel celofane, mas aqueles culinários, próprios para isso. Não cometa o erro de querer economizar nessa parte e comprar um papel celofane desses de papelaria. É esse passo que garantirá que o cupim asse na própria gordura da carne e fique macia e suculenta.

Após enrolar, o cupim no celofane, chegou a hora de assar. Coloque o mais alto que puder na churrasqueira e praticamente esqueça que a carne está ali, já que ela vai assar por umas três horas. Entre uma cervejinha e outra, vire o cupim, mas com cuidado para não deixar a gordura escorrer. Fique atento aos borbulhos da gordurinha. Isso é um bom sinal.

Passaram as três horas?

É hora de tirar a carne do papel celofane. Você deve fazer isso com muito cuidado, de preferência fora da churrasqueira. Isso porque o líquido feio durante o cozimento pode escorrer para as carnes que estiverem embaixo, prejudicando seus sabores. Por isso aconselho a levar o cupim até uma pia próxima para abrir o papel e retirá-lo de lá.

Feito isso, devolva a carne à churrasqueira, agora em um andar mais baixo, mas não muito perto do fogo. Tire uma lasquinha para ver se é necessário mais sal. Se não for preciso, deixe o cupim assando e vá virando de tempos em tempos. Aliás, essa é a melhor maneira de servir o cupim: virando-o e tirando lascas finas para servir aos convidados de seu churrasco.

Como assar cupim na churrasqueira com papel de alumínio?

como assar cupim na churrasqueira com papel de alumínio

Uma das coisas que eu e meus amigos sempre nos perguntamos quando vamos a uma churrascaria é: como os churrasqueiros conseguem deixar as peças de cupim tão incrivelmente saborosas, macias e suculentas? Recentemente aprendi que uma das formas para ter esse resultado é usar papel de alumínio ou papel alumínio.

Claro que usando o celofane para culinária também é possível ter um cupim de churrascaria. No entanto sei que a maioria das pessoas está mais acostumada a usar papel alumínio na cozinha. Por isso uma das dicas sobre como fazer cupim na churrasqueira é justamente envolver a carne nesse papel.

E o tempero?

A forma e o tempo de assar o cupim na churrasqueira com papel de alumínio é diferente daquela ensinada anteriormente. Até por isso prefiro esta opção em relação à outra, porque ela poupa tempo. A única coisa que a maioria dos churrasqueiros não gosta muito, e eu me incluo entre eles, é que essa versão é gourmetizada.

Isso significa que o tempero não será sal grosso. Você deve amassar cinco dentes de alho e misturá-los a vinagre, cebola, sal de cozinha e pimenta-do-reino. Reserve esse molho. Agora faça furos no cupim com uma faca grande. Regue o pedaço de carne com o molho, massageando-a bem.

Você pode deixar a carne marinando nesse molho na geladeira de um dia para o outro, mas marinar por apenas uma hora também causa um bom efeito. Depois de marinada a carne, preencha cada furo do cupim com bacon em cubos bem pequenos. Espete a carne e enrole-a com papel alumínio. Dê pelo menos três voltas na carne.

A carne ficará na churrasqueira perto do fogo, por no mínimo duas horas. Passado esse tempo, remova o papel alumínio e deixe a carne por mais quarenta ou cinquenta minutos na brasa. Não se esqueça de virá-la de tempos em tempos. Agora é só ir lasqueando para servir os convidados do seu churrasco.

Como fazer cupim na grelha?

assar cupim na brasa

Para quem não tem os recursos e aparatos para fazer cupim na churrasqueira, sem problemas. É possível fazer essa carne na grelha e deixá-la macia e saborosa, como se você estivesse em uma daquelas típicas churrascarias aqui do Sul.

O segredo para isso é levar o cupim à panela de pressão antes de levá-lo à grelha. Isso irá amaciar a carne de um jeito incrível. Somente depois de passar por esse processo é que iremos colocar a carne na grelha, para dar aquela casquinha característica que todo mundo adora!

Uma das vantagens de fazer o cupim na grelha é que enquanto a carne está na panela de pressão, você vai assando as outras na churrasqueira. Essa, na verdade, é uma das formas mais práticas de ter esse corte no seu churrasco. Evita uma grande perda de tempo e ainda assim mantém o sabor, a suculência e a maciez da carne.

Receita de cupim na grelha

Veja a seguir os ingredientes e o passo a passo dessa receita:

Ingredientes:

  • Uma peça de cupim que que pese em torno de dois quilos;
  • Quatro tabletes de caldo de picanha ou de caldo de costela;
  • Quatro dentes de alho;
  • Uma colher de sopa de cominho em pó;
  • 250 gramas de bacon picado;
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto.

Modo de preparo:

A primeira coisa que você irá fazer será fazer furos no cupim com uma faca de tamanho grande. Reserve a peça da carne. Pique o pedaço de bacon e frite-o na panela de pressão. Assim que ele estiver crocante, retire-o da panela e preencha com ele os furos feitos no cupim. Muito importante: não tire a gordura do bacon que ficou na panela.

Chegou a vez de picar cebola e alho e de refogá-los na gordura do bacon. A cebola está macia e refogadinha? Ótimo! Tempere o cupim com a pimenta-do-reino e com o sal. Leve a carne à panela de pressão junto do cominho em pó e junto dos tabletes de picanha ou de costela.

Agora cubra todos os ingredientes dentro da panela com água e feche-a. Deixe em fogo médio a alto por cerca de 50 minutos. Somente após passado esse tempo você retirará o cupim da panela de pressão e irá finalizar nossa receita na grelha.

Cuidado com esta última parte, porque é na grelha que iremos deixar o cupim com a crocância característica dessa carne. Corte fatias de três a quatro centímetros e leve à grelha, em fogo alto. Deve ser bem perto do fogo mesmo, porque só assim formará as casquinhas crocantes. Não é necessário muito tempo na grelha, no entanto. Dois minutos para cada lado das fatias já está maravilhoso.

 

Crédito das imagens: Unsplash, FreepikPxhere

Fonte: Catraca Livre

Angeloni Eletro